Arquivo de setembro de 2009

Cada vez mais quentes

1 comentário » terça-feira, 29 de setembro de 2009

Faltando somente sete semanas para o Usinar, as reuniões estão bombando, cada vez mais produtivas e divertidas. A galera do GT está a todo vapor, construindo o Usina 21 2009, colaborando com as mais variadas idéias na formação desse evento que já está agitando e mexendo com a vida de muita gente.

 A reunião mais recente aconteceu no dia 16 de setembro, no plenarinho da Câmara Municipal de São Paulo. Nesse encontro a galera sugeriu mais temas para as oficinas, alguns nomes importantes para preletores, além de novas bandas… Todos os detalhes passam pelos usineiros que participam dessas reuniões. Com tanta gente se dedicando, não é a toa que fomos a única iniciativa cristã a ganhar o troféu do Prêmio Jovem Brasileiro (como estamos humildes, não?!).

 É importante ressaltar que novos usineiros são sempre bem vindos, até porque o Usina é um lugar de diversidade, onde todas as tribos se unem e acreditam em uma sociedade melhor.

ONGs E Movimentos Mobilizam São Paulo No Dia Mundial Sem Carros

1 comentário » segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Nunca a questão do aquecimento global teve tanta urgência em ser discutida entre governo, ONGs e comunidades. E, aqui no “Blog do Usineiro”, a agente não podia (e não vai) deixar isso de lado. No dia 22 de Setembro, ou seja, amanhã, mais de 1,5 mil cidades do mundo todo participarão do Dia Mundial Sem Carro, e São Paulo também vai estar nessa. Dê uma olhada no manifesto da data neste ano e engaje-se, amanhã, deixe seu lindo carrinho em casa e vá trabalhar de bike!

Manifesto do Dia Mundial Sem Carro 2009

 São Paulo precisa e pode ter um trânsito melhor, um transporte público eficiente e de ótima qualidade, muito mais ciclovias e ciclofaixas, um ar mais limpo e respirável e melhor qualidade de vida para todos que aqui vivem e trabalham!!!

O trânsito de São Paulo ocupa um tempo precioso de todos os que vivem, estudam e trabalham na cidade. Tempo precioso de nossas vidas, tempo que deixamos de fazer inúmeras outras atividades ligadas à cultura, ao lazer, aos estudos, à família e aos amigos, além do tempo que perdemos de sono e descanso.

Não bastasse todo este tempo perdido, ainda ficamos expostos a um trânsito totalmente poluído, respirando gases nocivos que causam inúmeras doenças respiratórias e cardiovasculares, além de tumores e abortamentos, entre outras. Estudos da Faculdade de Medicina da USP apontam que morrem na cidade, em média, 12 pessoas por dia devido à poluição, encurtando a vida media dos paulistanos entre um ano e um ano e meio. Além do custo em vidas, os impactos operacionais e financeiros no sistema de saúde, causados pela poluição, são imensos. No mesmo sentido, é importante lembrar que o setor de transportes é responsável por 15% dos gases que causam o aquecimento global e a mudança climática. O diesel e a gasolina consumidos no Brasil estão entre os piores do mundo e a indústria automobilística fabrica motores menos poluentes em vários outros países e no Brasil apenas para exportação. A inspeção veicular, obrigação dos governos estaduais e dos grandes municípios, ainda está muito longe de cumprir seu papel.

No caso dos acidentes de trânsito, morrem cerca de 4 pessoas por dia na cidade – 44% pedestres, 18% motociclistas, 9% passageiros ou motoristas de autos e 3% ciclistas. Parece mentira, mas a grande vítima dos acidentes de trânsito são aqueles que estão se locomovendo a pé, o que demonstra a lógica perversa das cidades que priorizam seus espaços e fluxos para os automóveis. Estudo da Fundação Getúlio Vargas calcula que a cidade deixa de gerar R$ 26,8 bilhões por ano devido à perda de tempo nos congestionamentos e aos custos totais ligados aos acidentes e doenças derivadas do trânsito.

Muitos fatores alimentam todos estes números sinistros, mas vale lembrar os principais. Nosso modelo de desenvolvimento urbano promove uma enorme desigualdade social que obriga milhões de pessoas a se locomover por grandes distâncias para ter acesso ao trabalho e aos serviços e equipamentos públicos. Vivemos, cada vez mais, um modelo de mobilidade e transporte que oferece todos os incentivos possíveis para a locomoção por meio do automóvel. Enquanto isso os investimentos em transporte público coletivo continuam se arrastando lentamente, ocorrendo, em 2009, redução da frota de ônibus em circulação na cidade – segundo o Detran-SP, a frota de ônibus caiu de 41.876 (jan/09) para 41.628 (jun/09). Bilhões de reais que poderiam melhorar imediatamente o transporte público serão gastos em túneis, novas pistas e avenidas – e ampliação de antigas – que em pouco tempo estarão entupidas (800 novos carros entram por dia nas ruas de São Paulo!).

Precisamos romper esta lógica perversa: enquanto o Governo Federal promove incentivos fiscais e creditícios para a indústria automobilística, inclusive sem nenhuma contrapartida em termos de motores menos poluentes e uma matriz energética mais limpa, os governos estaduais e municipais vão rasgando túneis e avenidas com recursos públicos! Se não reagirmos, todos estaremos cada vez mais estressados, doentes, presos em novos congestionamentos e muito distantes de termos um transporte público coletivo decente, saudável e eficiente, como todas as principais cidades do mundo já o possuem há muito tempo.

Diante dessa realidade que pode ser mudada, propomos:
- Aceleração e prioridade absoluta para o metrô, trens e os corredores de ônibus;
- Ampliação substantiva da frota de ônibus da cidade com serviço de alta qualidade;
- Reativação e fortalecimento do Sistema Trólebus;
- Priorização de ações da CET para aumentar o fluxo do transporte coletivo;
- Definição de ações e metas para reduzir significativamente os congestionamentos;
- Cumprimento da lei que prevê ciclovias em novas avenidas e construção de todas as ciclovias e ciclofaixas já projetadas;
- Cumprimento da Resolução 315 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para melhorar a qualidade do diesel;
- Início imediato da substituição do diesel e gasolina por combustíveis mais limpos;
- Comercialização no Brasil de automóveis, ônibus e caminhões com a mesma tecnologia menos poluente que a indústria automobilística utiliza nos países europeus e nos Estados Unidos;
- Segurança para o pedestre, calçadas de boa qualidade, acessibilidade universal para os deficientes físicos, rigor nas leis de trânsito e educação cidadã para termos uma cidade que garanta uma mobilidade digna, inclusiva e segura;
- Inspeção veicular em toda a frota automobilística;
- Redimensionamento dos investimentos públicos para diminuir a desigualdade social e regional na oferta de trabalho e no acesso a equipamentos e serviços públicos;
- Construção de um Plano Municipal de Mobilidade e Transporte Sustentáveis, com ampla participação da sociedade para decidir pelos investimentos públicos na área;
- Basta de desperdício de dinheiro público em projetos atrasados, ineficientes e insustentáveis!

Coletivo de Mobilização do Dia Mundial Sem Carro

 Fonte: http://www.nossasaopaulo.org.br/portal/node/9119

Usina 21 leva Prêmio Jovem Brasileiro 2009

10 Comentários » quarta-feira, 16 de setembro de 2009

1

Os usineiros já tem mais um motivo pra se orgulhar. E é um ótimo motivo: o Usina 21 ganhou o Prêmio Jovem Brasileiro 2009, ontem (15), na categoria Social/Cultural – nosso evento foi o único de cunho cristão reconhecido pelos jurados! Desculpa aí, hein, não é pra qualquer um!rs

Pra quem não sabe, a tal premiação é a mais importante do gênero para iniciativas sociais de juventude. Eram diversos projetos e movimentos inscritos e um tanto de jornalistas de São Paulo, Rio de Janeiro, região Nordeste e Sul do País, pra avaliar cada uma das organizações que concorreram.

O evento, ontem à noite, no auditório do Memorial da América Latina, zona oeste de cidade, reuniu mais de 500 pessoas, além dos cerca de cinco mil que assistiram ao vivo pela internet. E a comitiva do Usina chegou cedo. Ainda não eram 19h (o evento começou às 20h30), e nossa trupe estava lá, de prontidão, composta pelo pessoal da organização, ou seja, o Fernando Diniz, a Carlinha e o Brunão; alguns “usineiros Vips”, como o pastor Libério, o Gedeon Alencar e o Fabrício Cunha; o Francisco Silva, representando o Conselho de Juventude; e claro, o Samuel dos Santos, o grande vencedor da nossa promoção.

A notícia do nosso premio surgiu logo no começo do encontro. Marcelo Tas, apresentador do Custe O Que Custar (CQC), da Band, anunciou o Usina 21, “o maior evento anual de engajamento social da juventude cristã no país”. Palavras dele, hein?! Daí, foi aquela festa.

Pra agradecer e dar o nosso recado, quem subiu ao palco representando nosso, agora, laureado evento, foi o Fernando Diniz. “Eu falo em nome de inúmeros jovens, gente que acredita que é possível ser diferente, gente que acredita em transformação social. Agradeço a escolha e o reconhecimento. Esse prêmio é para os usineiros todos”, falou. Nosso coordenador ainda lembrou dos idealizadores do Usina, “em especial do vereador Carlos Bezerra Jr., cujo mandato promove nosso evento”, destacou.

Além do Usina 21, foram premiados também o Instituto Sou da Paz, a organização Um Teto Para Meu País – grupo de universitários que atua na América Latina construindo casas populares -, o Clube Escola – programa da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação; entre outros.

No meio do Prêmio, até o Brunão foi entrevistado pelo CQC e aproveitou uma deixa da repórter pra falar do Usina. Vamos ver se vai pro ar, né?!

PROMOÇÃO A JATO DO USINA 21

2 Comentários » sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Seguinte, o Usina tá concorrendo ao Prêmio Jovem Brasileiro e, nós, da organização, queríamos levar a galera em peso pra torcer no evento que apresentará os vencedores. Mas, os convites são limitados.

Então, como no Usina tudo é democrático resolvemos fazer uma promoção pra levarmos com a gente o Usineiro mais criativo e um acompanhante. Explicando:

Responda à pergunta: “Por que eu mereço um prêmio jovem?”

Envie sua resposta para usina21@usina21.com.br, com no máximo 5 linhas até às 12h de segunda-feira, 14.

A melhor resposta ganhará 2 convites para participar dessa grande festa da juventude brasileira que acontece no dia 15 de setembro, no auditório do Memorial da América Latina, com apresentação de Marcelo Tas, do CQC.

Agora, é por a cachola pra funcionar e escrever alguma coisa bem legal pra poder ir curtir essa grande festa – e, se ganharmos, vamos comemorar junto esse prêmio que também será seu, é claro!


***O prêmio Jovem é o primeiro e único evento de premiação da juventude brasileira, presta homenagem aos jovens que se destacam pela iniciativa e pelo mérito em suas atividades na sociedade.

Usina 21 concorrerá ao Prêmio Jovem Brasileiro

1 comentário » terça-feira, 8 de setembro de 2009

É isso mesmo, usineiros: estamos concorrendo a uma das mais bacanas premiações para movimentos de juventude no país. A informação acabou de chegar. Saiba os detalhes no texto da usineira Carla Santiago, a Carlinha.

 Pois é, galera, o Usina 21 está se destacando cada vez mais no envolvimento social da juventude. Nosso evento foi indicado e concorrerá ao Prêmio Jovem Brasileiro, um dos mais importantes do gênero, na categoria social/cultural.  Será dia 15 de setembro, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

 Idealizado pelo empresário Guto Melo, de 25 anos, o prêmio foi criado para homenagear jovens que se destacam em suas áreas de atividade. Nesta edição, o encontro vai dar destaque a 40 jovens e projetos de juventude.

 As categorias indicadas são: Social/Cultural, Empresarial, Medicina, Esporte, TV (atores, personalidades, programa jovem e jornalístico), Música (bandas, cantores, trilha sonora, revelação), Dança, Moda, Entretenimento (teatro, revista, rádio, sites e festas), Estudante, Publicidade, Gastronomia; e as novas: Publicidade Online, Fotografia e Meio Ambiente.

 Nesta 8º edição da premiação quem subirá ao palco para conduzir o show é Marcelo Tas, o apresentador do programa “Custe o Que Custar” (CQC), da Band. Com convidados especiais, bandas, e outras personalidades confirmadas no evento, a cerimônia de premiação contará ainda com a presença da banda CPM22 e da Cia. Raça de Dança.

 A escolha dos vencedores será feita por uma comissão especial, formada por jornalistas de São Paulo, Rio de Janeiro, região Nordeste e Sul do País, como colunistas, críticos e convidados pela organização do evento, enfim, gente que está antenada no mundo jovem.

 O Prêmio Jovem já faz parte do calendário oficial dos grandes encontros de juventude no país e terá transmissão ao vivo pela internet, no site premiojovem.com.br.